fbpx

Tag: Varejo

Daniele Dessin mais uma empresa parceira da Artsoft Sistemas

Daniele Dessin é uma joalheria moderna, constituída em 1982, que distinguiu-se pela originalidade ao fundir a estrutura linear da criação e design de jóias com a utilização de diversos materiais.

Primando sempre pela qualidade dedicou-se a partir de 1994 a venda de jóias folheadas a ouro, prata, ródio e prata 950, além da apresentação de seus produtos em embalagens especiais que é um mimo especial para seus clientes.

ERP, software de loja, Varejo

Continue lendo

Conheça o Easy PDV, a ferramenta ideal para gerenciar seus pontos de venda

Crescer em um mercado competitivo é um desafio. Para alcançar esse objetivo, as empresas devem estar preparadas para uma gestão inteligente. As tecnologias atuais oferecem soluções que dão suporte ao desenvolvimento dos negócios, independentemente de seu porte.

O EASYPDV foi desenvolvido para integrar com qualquer plataforma de sistema de gestão ERP. Utilizamos a tecnologia WEBSERVICE que permite uma conexão em tempo real com os sistemas do cliente. O EASY PDV é 100% web, responsivo, e tem as seguintes funcionalidades:

Easy PDV, Loja, PDV, Ponto de Venda, Varejo

Continue lendo

Entenda a importância de software para lojas varejistas

Você já deve ter se surpreendido ao perceber que pequenos empreendimentos, como bancas de jornal, já fazem o uso da tecnologia como se fosse a coisa mais natural do mundo, certo? Algumas delas fazem até mesmo a leitura do código de barras dos produtos para fazer uma manutenção correta dos estoques do negócio. Sim, a automação veio para ficar!

Ao contrário do que muitos gestores pensam, a automação já não é mais um diferencial para o negócio, mas uma obrigação. Nessa era digital, contar com esse tipo de solução é o que permite que o negócio continue competitivo no mercado. Se ainda não está convencido, resolvemos explicar, no post de hoje, a importância do software para lojas varejistas. Confira!

gestão financeira, Produção, Software, varejista, Varejo

Continue lendo

Gestão de estoque no varejo: como administrar o fluxo de mercadorias

Apesar de a gestão de estoque ser uma área operacional, seus resultados influenciam diretamente no desempenho da empresa, principalmente do ponto de vista financeiro — o que torna necessário fazer o controle e tomar decisões com um pensamento mais estratégico.

Nesse sentido, decidimos listar alguns pontos fundamentais, que precisam ser considerados na hora de tornar a gestão de estoque no varejo ainda mais eficaz. Continue com a leitura e entenda mais sobre o tema!

1. Tenha um registro rigoroso das movimentações

O primeiro passo para conseguir alcançar uma gestão de estoque no varejo eficiente é controlar bem todas as operações realizadas com os produtos. Isso envolve registrar as entradas, saídas, movimentações dentro do estoque, trocas e devoluções.

É importante separar bem cada uma dessas situações para evitar que aconteçam os chamados “furos” de estoque, além de permitir um acompanhamento mais preciso dos resultados — se toda devolução gera um registro de entrada, mas sem especificar que o produto está sendo devolvido, por exemplo, dificilmente você poderá calcular esse índice e saber como ele pode ser melhorado.

ERP, Fenícia ERP, gestão de estoque, inventário, resultados, Varejo

Continue lendo

5 técnicas para aumentar o lucro e diminuir custos de lojas

Economizar dinheiro é um dos passos mais importantes para construir um empreendimento de sucesso duradouro. Reduzir o excesso de custos em processos cotidianos da empresa pode resultar numa até então inimaginável reserva financeira para eventuais problemas na produção e épocas de vacas magras.

No post de hoje você vai descobrir algumas técnicas que podem diminuir custos da sua loja e engordar bastante os lucros do seu estabelecimento. Pegue papel e caneta e anote tudo que puder. Vamos lá!

 

Regule o seu estoque

Já parou para pensar em quantos produtos estocados você simplesmente não vende devido a quebras, vencimento da validade, acidentes ou excesso de unidades? Pois é. Um estoque mal gerenciado pode causar prejuízos constantes a empreendimentos de varejo e atacado.

Por isso, investir em mecanismos que otimizem o processo de estocagem é fundamental. É o pequeno custo a mais que provavelmente irá encher os cofres da sua empresa. Invista num software ERP capaz de contabilizar e monitorar os itens armazenados. Em pouco tempo perceberá os resultados.

Invista em um software de gestão e automatize os processos operacionais

Aliás, softwares ERP não apenas diminuem e melhoram simultaneamente a contagem de estoque, como quase todos os processos administrativos do seu negócio.

O ERP é moldado de acordo com as necessidades de cada empresa. Então, ele pode automatizar operações como apresentar o fluxo de caixa, calcular a quantidade das vendas, pagar contas e os salários, montar estatísticas de crescimento e uma série de funções mais. Tudo isso numa única tela, que pode ser acessada de forma simples e rápida por você e pela a sua equipe de trabalho. Praticamente todas as empresas de sucesso usam o ERP.

Ao usar o software você também reduz o uso de papéis e concentra os esforços dos colaboradores na produção e no atendimento ao cliente.

Calcule os gastos por cliente para diminuir custos

Existe uma métrica financeira que ajuda o empresário a calcular o custo por cliente. Isso é fundamental, porque você pode estar gastando muito mais do que o necessário para atender a sua atual demanda por produtos e atendimento.

Mensure exatamente a quantidade de saídas do seu negócio e o quanto você armazena. Faça o mesmo com o número de funcionários. Às vezes, você pode realocar a mão de obra para setores que realmente necessitam de mais pessoas para alcançar índices satisfatórios de produtividade.

Reduza as contas

Nunca é demais falar: economize muito na água e na luz. Eles podem parecer custos irrelevantes, mas que somados ao longo do ano, convertem-se numa quantia considerável de dinheiro.

Nesse sentido, capacite e conscientize a sua equipe de colaboradores sobre a importância desses fatores no caixa da empresa.

Faça um planejamento financeiro detalhado

A melhor forma de reduzir os custos é identificar exatamente em quais processos a sua empresa mais gasta dinheiro.

Para fazer isso, elabore um planejamento financeiro com calma e atenção. Se preciso, conte com um profissional. Encontre os focos que consomem mais capital do empreendimento e busque soluções. Lembre-se de que gastos em compras de produtos e impostos também podem ser reduzidos.

Existem uma série de ferramentas gratuitas que também podem ajudar o seu empreendimento a crescer sem aumentar os gastos, como o uso do Google Drive, por exemplo. Aproveite as tecnologias disponíveis no mercado e faça a sua empresa decolar!

Como você reduz os custos do seu negócio? Conte para a gente! Deixe o seu comentário!

 

 

Read More

compras, Loja, Varejo, vendas

Entenda os desafios para o varejo com o advento da mobilidade

O mercado está cada vez mais tecnológico. Uma prova disso é o crescimento do e-commerce nos últimos tempos e a projeção de expansão desse tipo de negócio para os próximos anos. Nesse contexto, empresas de varejo que desejam continuar competitivas devem se adaptar e criar estratégias para incluir outros canais de atendimento aos seus clientes. Por isso falaremos, neste artigo, sobre a experiência multicanal, como ela é um fator importante na conquista de novos consumidores e de que forma a mobilidade pode ser uma aliada nesse processo de transição. Leia agora mesmo:

 

O que é multicanal

O relacionamento multicanal entre empresas e clientes já existe há algum tempo. Isso quer dizer que os consumidores usam diversos canais — como as lojas físicas, os catálogos e, mais recentemente, a internet — durante o processo de compra. Sendo assim, muitas companhias precisam modificar sua estratégia de atuação para atender às demandas, principalmente as que dizem respeito à venda pela web. Nesses casos, a experiência que os clientes têm, normalmente, são diferentes das experiências de compra em lojas físicas.

Multicanal versus omni-channel

De uma maneira bem simples, podemos dizer que o omni-channel é uma evolução do multicanal. No conceito de omni-channel, as empresas disponibilizam vários canais de relacionamento com o cliente — porém, essa companhia só será omni-channel a partir do momento em que o consumidor percebe uma conexão entre todos eles. Em outras palavras, a empresa deve estar presente em todos os canais de contato e as experiências dos consumidores em cada um deles não devem ser tão diferentes umas das outras.

A importância da mobilidade

Quando uma empresa decide marcar presença na internet, ela precisa se preocupar com o acesso à sua loja virtual por meio de smartphones e tablets. Isso porque todas as informações sobre a companhia e seus produtos ou serviços podem ser vistas mais rapidamente com a ajuda desses gadgets. Além disso, há a vantagem da reserva de itens: se um produto estiver esgotado na loja física, por exemplo, os clientes esperam poder reservá-lo por meio da loja virtual.

A popularização desses dispositivos e da internet móvel faz com que muitos consumidores tenham confiança para realizar suas transações dessa maneira. Contudo, para que as informações estejam integradas entre os canais — a disponibilidade de itens, por exemplo — é necessário que as empresas invistam em soluções tecnológicas — como um ERP, que reúne todas as áreas de um negócio e mantém o fluxo de dados atualizado.

Com essa evolução das relações de consumo, a integração e adequação da experiência mobile deve ser um assunto colocado em pauta e levado à prática. Não importa se a companhia optou por ser multicanal ou omni-channel, ela precisa estar ciente de que os processos móveis devem ser levados em consideração para a expansão do negócio.

Conte para nós: como a sua empresa se relaciona com seus clientes? Ela é multicanal ou omni-channel? E como a mobilidade se destaca nesse processo? Deixe um comentário! Aproveite para ler esta postagem sobre os benefícios de ser uma empresa sustentável.

Read More

mobilidade, Varejo, vendas

Como a Wearable Technology pode afetar o futuro dos negócios?

Já imaginou tirar fotos, mandar mensagens e conferir direções em um mapa no meio da rua – assim como você já faz em seu smartphone – mas precisando para isso somente de um par de óculos?

Esse é um dos exemplos das Wearable Technologies (ou tecnologias vestíveis). Assim como o Google Glass e o Apple Watch, esses recursos vêm gerando grande empolgação nas pessoas em função da forma como permitem interagirmos com o mundo e com a internet.

Prossiga na leitura deste post e descubra como essa tecnologia poderá afetar o futuro dos negócios nos próximos anos!

Read More

Tecnologia, TI, Varejo, vendas, Wearable Technology

Continue lendo

5 tendências para o varejo em 2014

 

A Forrester Research recentemente apresentou uma lista com as principais tendências tecnológicas que estarão em destaque em 2014. A maior parte dos acontecimentos que a pesquisa prevê para a tecnologia da informação se aplica igualmente ao segmento do varejo – segundo apontam alguns especialistas da SAP.

Fique por dentro das cinco tendências mais importantes para a tecnologia e o varejo a partir deste ano:

Read More

Cloud Computing, Internet das Coisas, mobilidade, Nuvem, Varejo

Continue lendo

artsoft-erp_logo-home

artsoft-erp_logo-home

São Paulo: Av. Brg. Faria Lima, 4440 - 10 andar, Itaim Bibi. 
Tel.:(11)3090-4433

Rio de Janeiro: Rua México, 90 -  6 andar, Centro.
Tel.: (21) 3216-9100

Uma empresa do Grupo Artsoft: https://www.grupoartsoft.com.br

Default

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.