Blog Artsoft Sistemas

Assine nosso blog e receba semanalmente materiais educativos sobre gestão e tecnologia para otimizar a administração da sua empresa:

Varejo de moda: os 11 passos para uma gestão de vendas eficiente

Já faz séculos que as roupas adquiriram muito mais propósitos que sua utilidade funcional. Além de aquecer e cobrir o corpo, elas são uma forma de identidade tanto individual quanto de um grupo. Foram essas mudanças que caminharam para o modelo atual do varejo de moda, com lojas de vários tamanhos, que atendem a diversos gostos e maneiras de expressão.
O número de empreendedores que escolhe trabalhar nessa área também cresce a cada ano. Porém, alguns chegam com a impressão de que este é um ramo de fácil posicionamento. Ganhar a vida com vendas, especialmente em algo tão concorrido como o varejo de moda, é bem difícil sem algum conhecimento. Manter uma média estável de vendas é um desafio para todo dia.
Para ajudar quem deseja se firmar nesse ramo, trouxemos aqui 11 passos para melhorar a sua gestão de vendas e tirar melhor proveito de seus negócios. Confira!

1. Acompanhe todo o processo

Um erro comum de empreendedores iniciantes é não manter um acompanhamento cuidadoso de todo o processo de vendas. Alguns podem afirmar que, no tempo que gastam para acompanhar processos, vendas deixam de ser concretizadas. Mas sem esse acompanhamento, muitas outras vendas serão perdidas.

Um varejo de moda não é diferente de qualquer outra empresa, precisando de uma boa quantidade de dados para embasar decisões. Um software que registre automaticamente essas informações e trace indicadores pode ser um bom investimento, já que os dados serão mais precisos e confiáveis.

2. Busque compreender os seus clientes

Agora que você segue os passos das suas mercadorias, desde o fornecedor até a venda, é hora de avaliar a satisfação dos clientes. Com os dados reunidos, é possível determinar quais produtos são mais buscados pelo seu público e qual é o valor médio gasto em cada compra. Isso facilita a determinação de novas ações para o seu varejo de moda, além de detectar o quanto seus clientes estão de fato satisfeitos.

3. Analise os dados regularmente

Nos dois últimos passos, foram reunidos dados e mais dados para ajudar na tomada de decisões. Agora é hora de colocar toda essa informação em uso.

Estabeleça um período, como uma vez a cada semana ou a cada mês, para analisar todos os dados coletados e traçar um panorama realista do desempenho de suas vendas. Assim, será possível avaliar o quanto seus negócios estão de fato crescendo ou identificar as possíveis causas de alguma queda.

4. Capacite sua equipe

Nenhum varejo de moda sobrevive sem uma equipe capacitada. A forma como os clientes são abordados é o que determina se eles levaram só o que queriam, se não levaram nada ou se voltarão para comprar mais alguma coisa.

Além disso, é importante que todos saibam como lidar com pequenos conflitos dentro da loja. Quanto mais preparados estiverem, melhor será o desempenho da companhia e orelacionamento com os clientes.

Logo, é possível buscar a ajuda de consultores, profissionais de treinamento ou enviar a equipe para receber o devido preparo em um ambiente externo ao da empresa.

5. Não tenha medo de se adaptar

É importante lembrar que a moda é sazonal. O que vale hoje pode não ser muito apreciado na semana seguinte. Por isso, sempre que a sua loja estiver perdendo clientes, avalie cuidadosamente a situação e veja como é possível revertê-la, mesmo que isso envolva alguma mudança brusca na sua forma de fazer negócios.

6. Faça uso de softwares para auxiliar na gestão de vendas

Alguns softwares podem ser uma “mão na roda” para gerir um negócio. Eles são utilizados para trabalhar o relacionamento com o cliente — como é o caso de softwares de CRM — ou cuidar de questões gerenciais, como controle de estoque, vendas e otimização de processos, como ossoftwares de gestão ERP.

Além disso, algumas tecnologias mais acessíveis, como o serviço de e-mail e WhatsApp para contato com clientes e fornecedores podem ser de grande ajuda.

7. Crie um catálogo eletrônico

Tem recurso sobrando, quer investir e não sabe o melhor caminho? O catálogo eletrônico é uma escolha interessante para alguns estabelecimentos. Com ele o cliente pode visualizar todos os produtos da loja, indo direto ao ponto que precisa, tornando o processo de compras mais agradável.

Essa tecnologia pode atrair aqueles clientes mais reservados ou sem tempo, quem não gostam de conversar com os vendedores e querem só algum produto específico.

8. Seja Omni na gestão de vendas

O conceito de Omnichannel tem se espalhado cada dia mais, assim como os clientes que se comportam dessa maneira. Isso faz com que qualquer movimento de expansão que uma empresa faça nos dias de hoje seja voltado para o atendimento em todos os canais possíveis, simultaneamente. Afinal, para vender precisamos ir até onde as pessoas estão.

Com isso, a gestão também é passada para esses diversos canais, tornando-se mais complexa e abrangente.

9. Faça parcerias com a indústria

É preciso haver equilíbrio entre o custo, a qualidade dos produtos e a velocidade que chegam até o ponto de venda. Para atender a clientela da melhor forma possível, uma das saídas é firmar parceria com a indústria. Dessa forma, é possível estabelecer contratos comerciais para fornecer produtos de maneira eficiente e com um custo atrativo para seu público.

10. Acompanhe a moda

O conceito de Fast Fashion é muito intenso dentro do mercado da moda. Ele aponta para uma realidade: a moda está em constante movimento, diariamente apresentando novidades, e o varejista precisa acompanhá-la.

Logo, ficar de olho em blogs, revistas e Instagram de pessoas reconhecidas na área da moda, além de estar sempre em contato com as empresas que produzem as peças, é fundamental.

11. Mantenha uma gestão integrada

O primeiro ponto para o fracasso no mercado da moda é a falta de integração entre todos os processos e procedimentos gerenciais. Ou seja, não é por tomar conta do estoque ou das finanças que o gestor pode se descuidar de questões básicas, como a estratégia de vendas e o atendimento ao cliente.

Assim, é necessário, além de uma supervisão nos diversos setores da empresa, o acompanhamento gerencial em todos os aspectos, reforçando as iniciativas da empresa, buscando fixar a marca como uma coisa integrada.

Dado o exposto, é possível ter sucesso no mercado da moda, mesmo ele sendo disputado como é. Basta que seja feita uma boa gestão de vendas, além de ter uma sólida estratégia de marketing, alcançando, assim, esse almejado objetivo.

Quer continuar no mercado da moda, entende a importância de investir no seu negócio, mas tem dúvidas sobre o que fazer? Entre em contato conosco, nós podemos ajudar você!

 

 

 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta:

artsoft-erp_logo-home

Soluções Inteligentes Lucros Rápidos

São Paulo: Rua Maria Aparecida do Amaral Godoi, 87, Jardim São Paulo.
Tel.: (11) 3090-4433
Rio de Janeiro: Rua México, 90 -  6 andar - Centro.
Tel.: (21) 3216-9100


Unidades de Negócio Artsoft: Artsoft Sistemas, Artsoft SAP & Artsoft Cloud

Default

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

%d blogueiros gostam disto: