Blog Artsoft Sistemas

Assine nosso blog e receba semanalmente materiais educativos sobre gestão e tecnologia para otimizar a administração da sua empresa:

6 tendências de TI que vão mudar a rotina das PMEs

tecnologia i

 

 

Nunca fomos tão dependentes da tecnologia. Nesse cenário, empresas do mundo inteiro investem em TI como uma forma de se manterem competitivas e inovarem mais. Para isso, é indispensável acompanhar as principais tendências, afinal, são elas que definirão o que vai mudar no mercado nos próximos anos. Quer saber quais são? Então leia este post:

Softwares de gestão integrada

Os softwares de gestão integrada são catalisadores de uma administração mais eficaz. Líderes podem atuar lado a lado com todos os setores, obtendo informações precisas e otimizando os métodos de tomada de decisões.

Migrando para a nuvem, as ferramentas se tornaram acessíveis para várias empresas. Companhias podem pagar apenas pelos recursos que utilizam, o que facilita o licenciamento de soluções que agilizam rotinas e melhoram os índices de vendas. Assim, é possível buscar novos mercados e a fidelização mais consumidores.

Cloud computing

A computação na nuvem foi uma das maiores revoluções dos últimos anos. Os serviços podem ser contratados por custos de licenciamento menores e são mais escaláveis e fáceis de serem configurados. Com a possibilidade de distribuição de atualizações automáticas e um maior controle de privacidade, a empresa também ganha mais segurança e confiabilidade.

Por meio de soluções como a virtualização de sistemas e as plataformas de backup e armazenamento remoto, uma empresa pode criar modelos operacionais. Eles serão mais escaláveis, móveis e flexíveis. A capacidade de resposta às mudanças do mercado será maior, assim como a de expansão da companhia.

Aprendizagem de máquina

Uma das vantagens dos serviços virtuais é a capacidade de personalização que eles possuem. Com algoritmos de inteligência artificial, empresas podem fornecer ferramentas mais próximas das necessidades do seu público-alvo automaticamente.

Isso se tornou um grande diferencial para negócios nos últimos anos. Com o aprendizado de máquina, é possível não só identificar padrões de uso mas também criar perfis de consumidor e prever tendências mais facilmente. Assim, empresas podem disponibilizar ferramentas com uma experiência de uso de maior qualidade ao seu público-alvo.

Internet das Coisas

A popularização da internet foi responsável por um impressionante aumento da quantidade de informações disponíveis on-line. Nesse cenário, não demorou muito para empresas utilizarem dados como uma ferramenta estratégica. Com a Internet das Coisas, os registros serão disponibilizados em uma nova escala, aumentando o potencial de estratégias comerciais atingirem melhor os seus públicos-alvo.

O uso de dispositivos comuns conectados à web vai criar modelos de negócios e serviços mais convergentes. Empresas terão a oportunidade de criar plataformas para os seus usuários terem uma vida mais prática e ágil, integrando a internet de alta velocidade e a nuvem.

Bring Your Own Device

Um dos grandes problemas do mundo corporativo é a busca por formas de manter a produtividade de seus profissionais alta. Para que isso fosse mais fácil de ser alcançado, companhias criaram novas formas de trabalho. Uma das que se tornaram mais populares nos últimos anos foi a Bring Your Own Device. O termo, que em português pode ser traduzido como “traga o seu próprio aparelho”, define um conjunto de políticas e regras em que pessoas podem utilizar os próprios aparelhos dentro do ambiente corporativo.

Dessa forma, a empresa deixa de ser a responsável por investir em tecnologia e passa para os seus funcionários a tutela das ferramentas de trabalho. No entanto, se por um lado isso leva a uma maior produtividade e melhoria dos índices de qualidade interna, gestores devem redefinir as suas políticas de segurança para não colocar a rede interna em risco.

Investimentos em segurança digital

Todas as tendências listadas acima estão levando a um aumento da preocupação de gestores de TI com a segurança digital de suas empresas. A presença de dispositivos que não são controlados totalmente pelo departamento de TI dentro do ambiente de trabalho, assim como o excesso de informações disponíveis, pode expor a companhia a ameaças digitais diversas.

Diante disso, caberá ao time de analistas e técnicos responsáveis pelo gerenciamento dos recursos digitais da empresa redefinir normas de uso e controles de acesso para diminuir a quantidade de vulnerabilidades que podem ser exploradas.

E você, conhece alguma tendência que deve se tornar indispensável nos próximos anos? Conta para nós!

Deixe uma resposta:

artsoft-erp_logo-home

Soluções Inteligentes Lucros Rápidos

São Paulo: Rua Maria Aparecida do Amaral Godoi, 87, Jardim São Paulo.
Tel.: (11) 3090-4433
Rio de Janeiro: Rua México, 90 -  6 andar - Centro.
Tel.: (21) 3216-9100


Unidades de Negócio Artsoft: Artsoft Sistemas, Artsoft SAP & Artsoft Cloud

Default

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

%d blogueiros gostam disto: